Salvador, 20 de Fevereiro de 2018

Genesio Valois Coutinho

Genésio Valois Coutinho

(09.12.1914 – 12.08.1999)

Segundo o Jornal Correio do Sertão, edição do dia 15.06.1999, Genésio Valois foi um homem simples, participante ativo da política do município. Foi eleito vereador nos períodos de 1955-1959 e 1973-1976. Em 1962 foi eleito prefeito, exercendo o cargo no difícil período político de 1963-1967. Também foi vice-prefeito no intervalo de 1983-1989, na gestão de Wilson Mendes.

Genésio Valois foi vereador e tinha grande expressão política, sendo votado em Fedegosos, Dias Coelho, Mônica, etc.

Do seu casamento com Helina, ocorrido no dia 14.06.1939, nasceram os filhos:

Maria Fidélia casada com Otávio Rodrigues da Rocha; Alvanira casada com Alvino Valois Costa; Maria do Rosário casada com Edmundo José Ramos Ribeiro; Antônio Joaquim casado com Elza; Helenice casada com Valter Rodrigues da Rocha; José Custódio casado com Luzia Rocha; Jackson Felix casado com Cristiane Miranda; Genésio Filho casado com Ilmara V. B. Figueredo; Maria Auxiliadora    casada com Paulo Pereira de Brito; Maria Neide; Rosilda .



                                                        Genesio Valois Coutinho

Octaviano Oliveira (15.01. 2018)

GENÉSIO VALOIS COUTINHO

Genésio Valois Coutinho, homem simples e muito prestativo, fazendeiro e agricultor, nasceu no provado de Fedegosos em 09 de dezembro de 1914. Ele participou ativamente da política de Morro do Chapéu, fazendo parte das fileiras do PSD. Foi um cidadão atencioso com todos, exerceu forte influência e liderança em Fedegosos e adjacências e teve forte participação na igreja católica daquele povoado.

Na política, elegeu-se vereador para os mandados de 1955/1959 e de 1973/1976 e foi eleito prefeito do município para o mandato de 1963/1967, tornando o primeiro Chefe do Executivo Municipal nascido no interior do município. Governou num período difícil da vida nacional em razão da Revolução de 1964, além de ter enfrentado uma época de grande seca na região. Mesmo com tais adversidades fez uma gestão pacífica e profícua considerando o quadro político daquele tempo, respeitando a todos, inclusive adversários políticos, realizando obras de calçamento de ruas na cidade, conservando estradas, fazendo manutenção e construindo aguadas no interior do município, e, abastecendo os locais castigados pela estiagem com o abastecimento de água por carros-pipas, além de prestar outras ajudas para atenuar o flagelo dos efeitos da seca.

Foi ainda. eleito vice-prefeito de Wilson Mendes Martins para a gestão 1989/1997 e com o seu prestígio em Fedegosos, Dias Coelho, Rosa Benta, Mônica e outras localidades circunvizinhas ajudou a eleger os seus filhos Maria Neide, Antônio Joaquim e José Custódio para a Câmara de Vereadores. Se como político ele foi muito admirado, mais ainda foi como cidadão, dada à sua presteza em tratar as pessoas, à sua postura de homem popular e à sua participação na fé católica com a sua presença nas celebrações religiosas.

Casou-se com D. Helina Valois Coutinho no dia 14 de junho de 1939, de cujo enlace matrimonial nasceram onze filhos, sendo sete mulheres, todas elas professoras, e quatro homens. Faleceu em 12 de agosto de 1999, no Hospital São Vicente de Morro do Chapéu tendo o seu sepultamento ocorrido em Fedegosos, o seu torrão natal.  A sua morte deixou uma grande lacuna não só na sua família, mas também, em todas as comunidades onde ele foi líder e em todas as partes do município    

A sua biografia de homem público de muitas virtudes, de cidadão simples, honesto e popular que deixou um legado de bons exemplos para a sua família e para o povo morrense levou o ex-prefeito Genésio Valois Coutinho a ser escolhido como uma das personalidades de Morro do Chapéu homenageada por este quadro.

 

 

FONTES

Site: www.adourado.com.br

Jornal Correio do Sertão

  • Prefeito Genesio Valois Coutinho e familia
  • Prefeito Genesio Valois e Jornalista Paulo Gabriel
  • Prefeito Genésio Valois e a Philarmonica MInerva
  • Genesio Valois Coutinho

Comentários enviados

CAROLINE VALOIS
CAROLINE VALOIS em 27/11/2015 às 18:31:56 disse:

Boa Tarde! Meu bisavó se chama Genésio de Valois Coutinho, quem sabe meu bisavó não era primo de primeiro grau do prefeito Genésio Valois Coutinho. Em jacobina tem uma ura chamada Ganésio Valois Coutinho.

Utilize o espaço abaixo para contribuir com informações, sugestões, elogios ou críticas ...

Sua mensagem será moderada antes de aparecer para o público.


(Obrigatório)
Este campo é obrigatório.Formato de e-mail inválido.

Desenvolvido por Éder Lima