Salvador, 14 de Dezembro de 2017

Antonio Nunes

Antônio Nunes da Silva  (15.12.1882 - 26.05.1967)

             Passou a residir em Morro do Chapéu em 1907, tendo desempenhado as tarefas de vaqueiro, agricultor, cabeleireiro, negociante, escrivão de paz, adjunto de promotor, alem de zelador, tesoureiro e advogado da prefeitura.

            No decorrer do ano de 1923, após a morte de Deusdedit Dias Coelho, durante um certo período participou da chefia política do município, sendo substituído pela forte liderança do coronel Antônio de Souza Benta.

            Em 16.06.1925 obteve o título de advogado provisionado, que foi renovado em 1927, com autorização para exercer a função nas comarcas de Morro do Chapéu, Jacobina e Miguel Calmon.

            Foi homenageado pós morte, ao receber, juntamente com Jubilino Cunegundes e José Romão, de Miguel Calmon, o título de Bacharel em Direito.

            Em 1927 passou a residir na fazenda Morro Velho, que passou a ser denominada fazenda Recreio, de sua propriedade, que dista cerca de 3km da sede municipal. Em 1930 passou a residir em Mundo Novo; em 1940 em Miguel Calmon e em 1965 em Salvador.

            Foi casado com Anita Sampaio Nunes.

  • Família Antônio Nunes da Silva

Comentários enviados

sérgio nunes sampaio barros
sérgio nunes sampaio barros em 11/12/2013 às 19:37:29 disse:

Obrigado por essa homenagem e lembrança do meu saudoso e querido avô e padrinho. Grande homem, como poucos que conheci e conheço.

Utilize o espaço abaixo para contribuir com informações, sugestões, elogios ou críticas ...

Sua mensagem será moderada antes de aparecer para o público.


(Obrigatório)
Este campo é obrigatório.Formato de e-mail inválido.

Desenvolvido por Éder Lima