Salvador, 13 de Dezembro de 2017

Bagano (Familia)

Fonte: www.oinoisnarede.xpg.com.br/2html

No período entre 1837 e 1838 Guilhermino Soares da Rocha e Guiomar Fábia Moreira Cesar casaram na cidade de Jacobina. As famílias dos noivos representavam a mais requintada aristocracia da época.

Dessa união nasceram:

Manoel Soares da Rocha,

Ana Soares da Rocha

Maria Guilhermina Soares da Rocha

Antônio Soares da Rocha

Francisco Soares da Rocha

Com a morte do pai, Ana Soares da Rocha que nasceu em 1845, passa a frequentar a fazenda Gurgalha de propriedade do tio Quintino Soares da Rocha, no município de Morro do Chapéu.

Através de seu tio Quintino, e com a aquiescência de Guiomar, sua mãe, foi contratado o casamento de Ana com José Florêncio de Miranda Bagano.

A cerimônia foi realizada em 20 de julho de 1871, na Fazenda Gurgalha.

Dessa união nasceram oito filhos:

Durvalina Soares de Miranda Bagano

Laudelino Soares de Miranda Bagano

Arnóbio Soares de Miranda Bagano

Gerolina Soares de Miranda Bagano

Dulce Soares de Miranda Bagano

Semirames Soares de Miranda Bagano e,

Maria Cândida Soares de Miranda Bagano.

 

Franklino José de Queiroz filho de Isidorio de Queiroz e Ursulina de Oliveira Queiroz nasceu no município de Lençóis. Franklino trabalhava com a venda de diamantes e carbonatos, mantendo comércio em Salvador com a firma Barreto de Araújo.

Em 1894, Franklino chegou a Morro do Chapéu fugindo das lutas de Barra do Mendes entre Clementino Pereira e Militão Rodrigues Coelho, com dois filhos, Marcionílio Franklin de Queiroz e Deoclides Franklin de Queiroz, nascidos de sua união com a índia Maria Lívia. Ali chegando, encantou-se com os dezoito anos e os olhos azuis da bela filha do Coronel da Guarda Nacional, José Florêncio de Miranda Bagano, chefe político local, Senhorita Gerolina Soares de Miranda Bagano com quem se casou em 1896.

Em 1899 a seca flagelou o sertão da Bahia e a família foi obrigada a sair da vila e ir residir no sitio Areia Branca e ali a família aumentou. Gerolina teve sete filhos:

Claudionor Bagano de Queiroz;

Acetides Bagano de Queiroz;

Raulino Bagano de Queiroz;

Zilda Bagano de Queiroz;

Eulinda Bagano de Queiroz;

Josias Bagano de Queiroz e,

José Bagano de Queiroz.

Nascida em Morro do Chapéu em 1878, Gerolina faleceu, em 1908, aos trinta anos, de complicação de parto.

Viúvo e com nove filhos, Franklino comprou uma fazenda pequena, Boa Vista, próxima ao Morro do Chapéu. Para cuidar da casa e dos filhos, contratou a Sra Joaquina. Com o passar do tempo, passaram a viver juntos e dessa união nasceram três filhas:

Edelzuita Queiroz

Leonília Queiroz e,

Alice Queiroz.

Em 1916 Franklino se mudou da fazenda Boa Vista para o povoado de Canabrava, hoje Miguel Calmon e montou com o filho Deoclides um armazém de secos e molhados, uma padaria e uma pequena fábrica de sabão.

Franklino faleceu três anos depois, em 1919. Os filhos mais velhos decidiram vender o patrimônio e se mudaram para o Largo, no município de Mundo Novo, onde já viviam tios, primos e outros parentes.

Arnóbio Soares Bagano foi um importante comerciante, sócio capitalista da firma Bagano & Souza, e membro do Conselho Municipal de Morro do Chapéu.

Do seu casamento com Leonor de Oliveira, nasceram os filhos Walnier, Waldomiro, Walter, Wagner, Walfrida e Walmira (casada com João Evangelista Dias). Ao ficar viúvo, casou com Tereza Guimarães, com quem teve os filhos Rita, Waldete e José.

Também foi personagem de um interessante encontro com o temido Lampião, na fazenda Garapa, às margens do rio Jacaré.                                                    




  • Arnóbio e esposa
  • Claudionor em 1954
  • Deoclides Franklin de Queiroz
  • Eulina Bagano

Comentários enviados

Amanda
Amanda em 02/09/2016 às 15:10:36 disse:

Oi, boa tarde, eu queria saber sobre a história de José Florêncio de Miranda Bagano, vcs têm mais alguma coisa sobre ele?

Amanda
Amanda em 04/09/2016 às 14:59:59 disse:

Oi, eu ja mandei e-mail antes, só pra saber se vcs têm mais informações sobre José Florêncio de Miranda Bagano e se tiver, poderia me mandar por e-mail?

lucia candida bagano dourado
lucia candida bagano dourado em 19/04/2017 às 23:38:10 disse:

Alguém tem mais informações sobre a origem e trajetória de José Florêncio de Miranda Bagano? Preciso muito e ficarei muito grata

ANA PAULA ARAUJO OLIVEIRA
ANA PAULA ARAUJO OLIVEIRA em 15/08/2017 às 14:37:39 disse:

Claudionor Bagano de Queiroz é meu bisavô por parte de mãe, alguém tem mais alguma informação sobre ele?

Utilize o espaço abaixo para contribuir com informações, sugestões, elogios ou críticas ...

Sua mensagem será moderada antes de aparecer para o público.


(Obrigatório)
Este campo é obrigatório.Formato de e-mail inválido.

Desenvolvido por Éder Lima